Aba 1








BLOG DE NOTÍCIAS

Postado em 29 de Maio de 2018 às 15h20

Isenção de ICMS Sobre Energia Solar Passa a Valer Também em Santa Catarina

Notícia (11)

Três anos após a sua criação pelo Conselho Nacional de Política Fazendária (CONFAZ), o convênio ICMS 16 de 2015 finalmente passa a ter validade também no estado

Santa Catarina era um dos três últimos estados do país que ainda estavam fora desse convênio de isenção do ICMS sobre a energia gerada pelo consumidor e sua adesão foi oficializada por meio do Convênio ICMS nº 42/2018, publicado no Diário Oficial da União do último dia 17 de maio de 2018.

Criado conforme as regras do segmento de geração distribuída vigentes da época, vigentes na Resolução Normativa Nº 482/2012 da Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica), o convênio do CONFAZ estabelece, para todo estado aderido, conforme sua cláusula primeira:
“conceder a isenção do ICMS incidente sobre a energia elétrica fornecida pela distribuidora à unidade consumidora, na quantidade correspondente à soma da energia elétrica injetada na rede de distribuição pela mesma unidade consumidora com os créditos de energia ativa originados na própria unidade consumidora no mesmo mês, em meses anteriores ou em outra unidade consumidora do mesmo titular, nos termos do Sistema de Compensação de Energia Elétrica, estabelecido pela Resolução Normativa nº 482, de 17 de abril de 2012.”


Isso significa que qualquer consumidor que instalar um sistema gerador solar, ou por qualquer outra das fontes renováveis incentivadas, passa a contar com a isenção do ICMS sobre a energia que gera, diminuindo assim o prazo de retorno sobre o investimento.
No caso da energia solar, essa é uma ótima notícia para os consumidores dessas regiões, que já contam com a grande disponibilidade de luz do sol e a queda dos preços da tecnologia fotovoltaica.


Rodrigo Sauaia, presidente executivo da ABSOLAR (Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica) parabenizou os governos dos estados pela decisão.
“A adesão de Santa Catarina demonstra o interesse e o comprometimento do governo catarinense em acelerar o uso da energia solar fotovoltaica no estado. Este passo só foi possível graças à mobilização e ao apoio do setor solar fotovoltaico brasileiro e de lideranças parlamentares das Assembleias Legislativas de Santa Catarina. Trata-se de uma medida estratégica para incentivar a população e as empresas a reduzirem custos de energia elétrica pela geração de sua própria energia limpa, renovável e sem emissões de gases de efeitos estufa a partir do sol e de outras fontes renováveis. Esta decisão promoverá novos investimentos privados, movimentará a economia dos estados, atrairá mais empresas e gerará novos empregos locais de qualidade em suas regiões”.

 

 

Fontes de Informação:  Bluesol - Fonte

Cadastre seu e-mail para receber novidades e baixar um e-book (GRÁTIS)

Nome
E-mail
Telefone
Mensagem
Resolva :

Veja também

Mais de 70% dos brasileiros têm interesse em gerar energia solar21/03/17 Os frequentes aumentos no preço da energia elétrica, nos últimos dois anos, levaram os brasileiros a se interessar por outros tipos de energia, especialmente a solar. O setor registrou um crescimento de 300% em 2016 em relação a 2015 e continua a toda potência no início deste ano. Uma recente pesquisa encomendada pela Ong Greenpeace ao Datafolha mostrou que 80% dos......
Celular Solar06/03/17 Nova tecnologia no LED utilizado nas telas de smartphones e outros aparelhos móveis promete usar a luz do sol para alimentar os aparelhos, criando assim um celular solar que irá acabar com o maior problema enfrentado pelos usuários: a......
Telhado solar da Tesla já está à venda17/05/17Com nova investida, a Tesla unifica três grandes ambições: combinar energia solar, baterias e carros elétricos A Tesla, além de carros autônomos, também vai vender telhas para casas. Exatamente: a ideia é levar aos consumidores uma opção 'eco-friendly' que vai economizar a energia gasta dentro de casa. Desenvolvida com......

Voltar para Blog